Amand.APPs - 2019

ABOUT

Sobre

Olá, me chamo José Henrique e sou um Game Designer independente situado em São Paulo. Sou também a Amanda Sparks, uma DragQueen e Cosplayer e faço jogos baseados na minha persona Drag!

Sou formado em desenho industrial e produção de games pelo Senac. Tenho alguns jogos lançado pelo selo Amand.APPs, entre eles Shade Forest, jogo de plataforma onde você controla uma DragQueen navegando pela floresta do Shade e Spikes on High Heels, jogo de vôlei concorrente na categoria Diversity do BIG Festival 2019.

MAIS SOBRE MIM

 

Comecei a me montar em 2011 e posso dizer que faço parte da primeira leva de Drags da nova geração do Brasil, as que começaram depois de Rupaul's Drag Race.

 

Já fiz muito show e discotecagem nas boates de SP mas nunca me entreguei 100% ao universo Drag, pois estava sempre dividido com meu lado Game Designer. Eu achava que o tempo usado para ensaiar performances, treinar maquiagem e etc eu poderia estar desenvolvendo alguma coisa e vice e versa.

 

Então, em 2014, eu decidi juntar essas minhas duas facetas: o Henrique Game designer com a Amanda Drag e comecei a criar jogos baseados em minha personagem. Foi aí que surgiu o Shade Forest, jogo feito, programado, desenhado, animado e publicado totalmente por mim (https://jayhenrique.wixsite.com/amandapps/shadeforest). Até agora, Shade Forest só está disponível para versões Mobile porém com uma versão para PC já sendo desenvolvida. Com esse jogo surgiu o Amandapps, que é a marca que eu uso para lançar meus jogos, que vão além do Shade Forest. (www.amandapps.com)

 

Mas, além de fazer jogos eu jogo bastante, sempre joguei, na infância, na adolescência e na vida adulta. Sempre tive a necessidade de comentar os jogos com alguém, com isso surgiu o Drageek, um canal onde eu comento sobre jogos e algumas coisas do universo Geek (https://www.youtube.com/channel/UCSGKTFf-4Wdy4z0HRr4TKbA) , é um canal ainda bebê, também totalmente gravado, editado e animado por mim. 

 

Um dos principais motivos para o surgimento desse canal é mostrar que o mundo gaymer não é totalmente dominado por meninos héteros, haha! E, por ser formado em design e pós-graduado em Games pelo Senac, eu tenho um olhar muito crítico ao analisar os games que eu jogo: arte, level design, game feel, história e performance, nada escapa da minha minuciosa avaliação!

CLIPPING